jump to navigation

GLPI+OCS-NG no Debian 1 dezembro, 2008

Posted by Marcelo Ribeiro in Software Livre.
Tags: , , ,
13 comments

Instalando GLPI + OCS no Debian

Pré-Requisitos:

  • Apache
  • PHP5
  • MySQL

Instalando Apache


# apt-get install -y build-essential apache2 apache2-doc apache2-mpm-prefork apache2-utils libexpat1 ssl-cert

Ajustando a instalação do Apache

Edite o arquivo /etc/apache2/mods-avaiable/dir.conf, deixe-o da seguinte forma:

# vim /etc/apache2/mods-avaiable/dir.conf

DirectoryIndex index.html index.htm index.shtml index.cgi index.php index.php3 index.pl index.xhtml

Salve e feche o arquivo

Habilitando o SSL

Edite o arquivo /etc/apache2/ports.conf, deixe-o da seguinte forma:

# vim etc/apache2/ports.conf

Listen 80
Listen 443

Salve e feche o arquivo

Habilite os módulos

# a2enmod ssl
# a2enmod rewrite
# a2enmod suexec
# a2enmod include
.

Instalando o PHP


# apt-get install -y libapache2-mod-php5 php5 php5-common php5-curl php5-dev php5-gd php5-idn php-pear php5-imagick php5-imap php5-json php5-mcrypt php5-memcache php5-mhash php5-ming php5-mysql php5-ps php5-pspell php5-recode php5-snmp php5-sqlite php5-tidy php5-xmlrpc php5-xsl php5-ldap

Ajustando a instalação

Aloque 64MB de memória para o apache:

Edite o arquivo “/etc/php5/apache2/php.ini“, procure a linha “memory_limit =” e deixe-o da seguinte forma:

# vim /etc/php5/apache2/php.ini

;;;;;;;;;;;;;;;;;;;
; Resource Limits ;
;;;;;;;;;;;;;;;;;;;

max_execution_time = 30 ; Maximum execution time of each script, in seconds
max_input_time = 60 ; Maximum amount of time each script may spend parsing request data
memory_limit = 64M ; Maximum amount of memory a script may consume (16MB)

Salve e feche o arquivo


Instalando o MySQL


# apt-get install -y mysql-server mysql-client libmysqlclient15-dev

Definindo a senha do MySQL:

# mysqladmin -u root password “senha”

.

Instalando o OCS-NG


O OCS-NG (Open Computer and Software Inventory Next Generation) é um aplicativo desenvolvido para ajudar o administrador de redes ou administrador de sistemas a manter o controle dos computadores e configurações de software que estão instalados na rede.

O OCS Inventory também é capaz de detectar todos os dispositivos ativos na sua rede, tais como switch, roteador, impressora de rede e dispositivos autônomos. Para cada um, que armazarna os endereços IP e MAC e lhe permite classificá-los.

# apt-get install -y libphp-pclzip libxml-simple-perl libcompress-zlib-perl libdbi-perl libclass-dbi-perl libdbd-mysql-perl libapache-dbi-perl libnet-ip-perl libsoap-lite-perl libapache2-mod-perl2

Baixando e instalando o OCS-NG:

# wget http://downloads.sourceforge.net/ocsinventory/OCSNG_UNIX_SERVER_1.02RC3.tar.gz
# tar -zxvf OCSNG_UNIX_SERVER_1.02RC3.tar.gz
# cd OCSNG_UNIX_SERVER_1.02RC3
# ./setup.sh

Do you wish to continue ([y]/n)? y
Which host is running database server [localhost] ?
Do which port is running database server [3306] ?
Where is Apache daemon binary [/usr/sbin/apache2] ?
Where is Apache main configuration file [/etc/apache2/apache2.conf] ?
Which user account is running Apache web server [www-data] ?
Which user group is running Apache web server [www-data] ?
Where is Apache Include configuration directory [/etc/apache2/conf.d] ?
Where is PERL Intrepreter binary [/usr/bin/perl] ?
Do you wish to setup Communication server on this computer ([y]/n) ? y
Where to put Communicarion server log directory [/var/log/ocsinventory-server] ?
Do you wish to continue ([y]/n) ? y
Do you allow Setup renaming Communicarion Server Apache configuration file to ‘z-ocsinventory-server.conf’ ([y]/n) ? y
Do you wish to setup Administration Server (Web Administration COnsole) on this computer ([y]/n) ? y
Do you wish to continue ([y]/n) ? y
Where to copy Administration Server static files for PHP Web Console [/usr/share/ocsinventory-reports] ? Where to create writable/cache directories for deployment packages and IPDiscover [/var/lib/ocsinventory-reports] ?

Abra seu navegador preferido e acesse: http://seuservidor/ocsreports/install.php (onde o seuservidor, refere-se ao IP do servidor instalado).

Digite o login/senha do root do MySQL e clique em Send

img_ocs_01

Aguarde a configuração do banco de dados

img_ocs_02

Em seguida, acesse http://seuservidor/ocsreports/

img_ocs_03

Preencha os campos:
Usuário: admin
Senha: admin

A instalação OCS-NG está concluída. Basta instalar os agentes nas máquinas da rede, para que busque as informações e abasteça o banco de dados.

Baixando os agentes:

Windows:
http://downloads.sourceforge.net/ocsinventory/OCSNG_WINDOWS_AGENT_1.02RC3.zip

Linux/BSD/AIX/Solaris/MacOSX:
http://downloads.sourceforge.net/ocsinventory/Ocsinventory-Agent-0.0.10beta2.tar.gz

OBS: Baixe o agente, de acordo com a versão do OCS-NG instalada.

.

Instalando o GLPI


O GLPI é uma solução open-source de gestão de parque de informárica e helpdesk, uma aplicação 100% Web para gerenciar todos os problemas de gestão de parque de informática: gestão de inventário de hardware e software e atendimento aos usuários.

Baixando e instalando o GLPI

# wget http://glpi-project.org/IMG/gz/glpi-0.71.2.tar.gz
# tar -zxvf glpi-0.71.2.tar.gz
# mv glpi /var/www/
# chown -Rf www-data /var/www/glpi

Abra seu navegador e digite http://seuservidor/glpi (onde o seuservidor, refere-se ao IP do servidor instalado).

Selecione o idioma desejado e clique em OK.

img_glpi_01

Aceite os termos de licença e clique em Continuar.

img_glpi_021

Clique em Instalar para iniciar a instalação.

img_glpi_03

Após a checagem, estando tudo perfeito, clique em Continuar.

img_glpi_04

Preencha os campos:

Servidor do MySQL: localhost
Usuario do MySQL: root
Senha do MySQL: *****

img_glpi_05

Selcione o banco de dados e clique em Continuar.

img_glpi_06

Banco de dados iniciado, clique em Continuar.

img_glpi_07

Instalação concluída, o GLPI informa os usuários padrões, clique em Usar GLPI.

img_glpi_08

Após os testes, atualize o banco de dados, clicando em Atualizar.

img_glpi_09

Após a atualização, clique em Usar GLPI.

img_glpi_10

Instalação concluída, acesse o GLPI

Usuáro: glpi
Senha: glpi

img_glpi_11Página inicial do GLPI:

img_glpi_12

.

Integrando GLPI e OCS


Entre no GLPI e vá até o item Configurar > Geral.

Procure pela aba Restrições, na opção Ativar modo OCS-NG, habilite-a e clique em Enviar.

img_integrando_01

Em seguida, entre em Configurar > Modo OCS-NG, marque a conexão default (localhost), selecione Deletar e clique em Enviar. Depois clique no sinal “+” para criar uma nova conexão.

img_integrando_02

Clique em Modelo em branco

img_integrando_03

Preencha os campos e clique em Enviar.

Nome: ImportOCS (Nome da conexão)
Servidor do OCS-NG: localhost (ou IP do servidor)
Nome do banco de dados do OCS-NG: ocsweb (Nome default, caso não tenha alterado)
Usuário do banco de dados do OCS-NG : root (Usuário do banco)
Senha do usuário do OCS-NG : *****

img_integrando_04

Após a conexão com o banco, seleciona as opções que deseja importar.

Para que o GLPI importe os softwares coletados pelo OCS-NG, desabilite a opção Usar o dicionário de software do OCS-NG.

img_integrando_05-1

Clique em Inventário > Computadores, para ver os computadores importados do OCS-NG.

img_integrando_06

OBS: Caso não tenha nenhum dado importado, você pode forçar uma importação em Ferramentas > OCS-NG e clique em Importação de novos computadores.

img_integrando_07

Pronto! O GLPI e o OCS-NG estão sincronizados.

Sincronização automática com OCS-NG

Baixe o plugin de sincronização

# wget http://glpi-project.org/IMG/gz/glpi-mass_ocs_import-1.2.tar.gz

Basta descompactar o arquivo e mover o conteudo do diretório para o diretório plugins do GLPI.

# tar -zxvf glpi-mass_ocs_import-1.2.tar.gz
# mv mass_ocs_import/* /var/www/glpi/plugins

Pronto! Plugin instalado.

OBS: Versões anteriores do GLPI, para ativar o plugin vá ao menu Configurar > Plugins. Configurar o servidor do OCS-NG e clicar em Ativar Sincronização.

.

Habilitando autenticação LDAP no GLPI


Para configurar a autenticação, vá em Configurar > Autenticação

img_ldap_glpi

Preencha os campos:

Diretório LDAP

Nome: DOMINIO
Servidor: 10.10.10.10
Basedn: dc=dominio;dc=com;dc=br
Pass(para conexão não anonima): *****
Filtro de Conexão: (&(objectClass=user)(objectCategory=person))

Porta LDAP (default=389): 389
rootdn (para conexão não anônima): cn=user;ou=infra,dc=dominio;dc=com;dc=br
Campo de Login: uid
Usa TLS: Não
Fuso horário: GMT-3 hora(s)
Como os alias do LDAP devem ser manipulados: Nunca dês-referenciado (Por Padrão)

Pertencer a grupos

Tipo de busca: Em usuários
Filtro para pesquisa em grupos: (&(objectclass=users))
usar DN na pesquisa: Não
Usuários contendo seus grupos: (EM BRANCO)
Grupo contendo seus usuáios: (EM BRANCO)

Links GLPI/LDAP

Sobrenome: cn
Comentários: (EM BRANCO)
Telefones: telephonenumber
Celular: (EM BRANCO)
Nome: givenname
E-mail: mail
Telefones 2: (EM BRANCO)

OBS: O mesmo procedimento aplica-se para configurar autenticação pelo AD, basta clicar em  pré-configuração Active Directory e preencher os campos.

É isso!

Abraços!
Marcelo Ribeiro


Referências:


http://wiki.seduc.ce.gov.br/wiki/Servidor_de_invent%C3%A1rio_OCS_no_Debian_Etch_(4.0)
http://glpi-project.org/wiki/doku.php?id=es:glpisarge
http://blog.famillecollet.com/pages/OCS-GLPI-en
http://glpi-project.org/wiki/doku.php?id=en:ldap

Shell Script 15 setembro, 2008

Posted by Marcelo Ribeiro in Software Livre.
Tags: , ,
1 comment so far

Há 3 dias comecei a ler o livro Shell Script Profissional (http://www.shellscript.com.br) do Aurélio Marinho Jargas (http://aurelio.net). Apesar de ainda não ter alcançado as 100 primeiras páginas, o livro já me surpreendeu.

A linguagem adotada é excelente, que prende o leitor, explicações simples e eficazes. Confesso que até o momento da leitura, não utilizava nem a metade das orientações do livro, como: Nomes padronizados para variáveis e Flags, Changelog, etc…

No máximo eu utilizava apenas identação e comentários… =P

Bom fica aqui, minha dica para quem pretende programar em shell, digamos, de uma maneira politicamente correta.

[]’s

Marcelo Ribeiro

Begin… 3 setembro, 2008

Posted by Marcelo Ribeiro in Uncategorized.
add a comment

Para quem estava companhando o blog, retirei os posts sobre os trabalhos acadêmicos, e postei uma página com o link para o conteúdo em PDF.

Em breve, continuarei com artigos diversos… (assim eu espero).

[]’s